Piauí

Tribunal de Contas do Estado condena e multa prefeito Pé Trocado

O acórdão foi publicado no Diário Oficial do TCE, nesta quarta-feira, 12 de abril.
RAYANE TRAJANO
13/04/2017 09h35 - atualizado

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) condenou o prefeito de Sussuapara Edvardo Antônio da Rocha, conhecido como Pé Trocado, por manter pagamentos na folha de pagamentos um servidor que estava afastado de suas funções. O acórdão foi publicado no Diário Oficial do TCE, nesta quarta-feira (12).

Os conselheiros analisaram a denúncia, feita pelo um funcionário afastado, de que estava sendo mantido na folha de pagamento do município, mas não recebia os valores. A Corte de Contas decidiu em unanimidade, condenar o prefeito pela irregularidade, já que ele não conseguiu demonstrar que o salário do servidor denunciante não vem sendo percebido por outra pessoa.  

  • Foto: AscomPrefeito Pé TrocadoPrefeito Pé Trocado

O prefeito deve devolver o valor de R$ 7.920,00, correspondente ao montante da despesa para pagamento (em tese) dos salários de Raimundo José dos Santos, não recebidos pelo denunciante. 

A decisão do TCE também determina que o prefeito suspenda o pagamento dos salários servidor como beneficiário do cargo de Serviços Diversos, enquanto o mesmo estiver na situação de licenciado, sem vencimentos.

Outro lado

O Viagora não conseguiu localizar o prefeito Pé Trocado para comentar a decisão. O espaço permanece aberto para esclarecimentos.