Geral

TRT-PI quer resolver mil processos na Semana de Conciliação

A ação tem como objetivo finalizar de forma conciliatória processos que estão em tramitação, uma forma mais rápida e eficaz.
VITOR FERNANDES
17/05/2017 18h53 - atualizado

A 3ª Semana Nacional de Conciliação trabalhista ocorre de 22 a 26 de maio com o objetivo de resolver processos através de acordo entre empregadores e empregados, promovida pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho. A ação é em conjunto com os 24 Tribunais Regionais do Trabalho e pretende solucionar mais de 30 mil casos.

  • Foto: TRT/PIEvento de Conciliação trabalhista.Evento de Conciliação trabalhista.

Depois da manifestação de uma das partes, há a convocação para a audiência. Um juiz ou servidor competente apresenta uma proposta de acordo e as pessoas envolvidas decidem se aceitam ou não. A homologação é feita pelo juiz do trabalho.

O evento tem como slogan “Para que esperar, se você pode conciliar”, e faz referência a agilidade nas resoluções dos conflitos em relação aos que chegam à via judicial.

Em 2016 foram realizadas quase 70 mil audiências com cerca de 27 mil processos homologados. Aproximadamente 620 mil reais foram arrecadados e convertidos aos trabalhadores, com mais de 160 mil pessoas atendidas em todo o Brasil.

O Tribunal Superior do Trabalho recebeu propostas de mais de 2,5 mil processos de empresas tais como Vale S.A, Caixa Econômica Federal, Santander, Itaú Unibanco, Gol Linhas Aéreas, Claro, União, BRF Brasil, Contax, entre outras. As audiências vão acontecer nas unidades de origem. As inscrições para o TST, especificamente, já se encerraram.

A unidade do Piauí, através do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 22ª Região, espera realizar audiências envolvendo mil processos sendo 600 nas Varas de Trabalho da capital e 400 nas do interior do estado. As inscrições para participar estão abertas com a possibilidade de adesão, mesmo durante a Semana da Conciliação.

Mais conteúdo sobre: