Piauí

TSE constata que Piauí tem mais de mil títulos eleitorais duplicados

O sistema, por meio da observação das fotos, é capaz de constatar que se trata da mesma pessoa com os mesmos dados biográficos.
ISABELA DE MENESES
13/10/2017 08h36 - atualizado

O Tribunal Superior Eleitoral divulgou ocorrências identificadas pelo Sistema Automático de Identificação de Impressões Digitais, no dia 09 de outubro, que apontou os casos de duplicidade de títulos eleitorais no Brasil. No Piauí foram identificados 1002 títulos duplicados.

Esse duplo cadastramento ocorre quando o cidadão solicita a transferência do título eleitoral para outro domicílio, sendo, porém, cadastrado novamente pela Justiça Eleitoral, quando deveria ter apenas a inscrição transferida, com o mesmo número do título de eleitor. Outra possibilidade é a chamada “falsa identidade”, que ocorre quando uma mesma pessoa se registra junto à Justiça Eleitoral com documentos falsos. 

  • Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos PúblicasPiauí tem 1002 títulos duplicadosPiauí tem 1002 títulos duplicados

O sistema, por meio da observação das fotos, é capaz de constatar que se trata da mesma pessoa com os mesmos dados biográficos, com dois títulos eleitorais em cidades diferentes.

Assim, as ocorrências são encaminhadas ao juiz eleitoral, para que seja feita a análise dos casos. O juiz pode determinar o cancelamento de uma ou de todas as inscrições eleitorais, marcar a ocorrência como falso positivo e, no caso de identificação de fraude, solicitar a abertura de processo criminal.