Geral

TST apresenta proposta de acordo para trabalhadores dos Correios

A proposta foi aceita pelos Correios e agora aguardam decisão dos trabalhadores que deliberarão sobre o assunto nas assembleias.
ISABELA DE MENESES
05/10/2017 09h39 - atualizado

O vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Emmanoel Pereira, apresentou proposta de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2017/2018, nessa quarta-feira (04), para os Correios e as federações representantes dos trabalhadores. A greve dos trabalhadores dos Correios começou no dia 19 de setembro, no Piauí e em todos os estados do Brasil. 

De acordo com a proposta o reajuste é de 2,07% (INPC) retroativo ao mês de agosto de 2017, para compensar 64 horas, referentes a oito dias, e desconto dos outros dias de ausência, além da manutenção das cláusulas já existentes no ACT 2016/2017. Já, a cláusula 28, que faz referência ao plano de saúde, continua sendo mediada pelo TST.

  • Foto: Facebook / Sintect-PiFuncionários dos Correios de Pedro II.Funcionários dos Correios

A proposta foi aceita pelos Correios e agora aguardam decisão dos trabalhadores que deliberarão sobre o assunto nas assembleias a serem realizadas até esta sexta-feira (6).

Mais conteúdo sobre: