Piauí

Vereador denuncia que Picos está sem ambulâncias há oito meses

Segundo o parlamentar, o serviço não está disponível porque as ambulâncias do município estão quebradas. O caso foi denunciado ao Ministério Público do Estado do Piauí.
ISABELA DE MENESES
13/07/2017 11h40 - atualizado

O vereador da cidade de Picos, Afonsinho (PP), entrou com denúncia no Ministério Público do Estado do Piauí (MP-PI), nessa segunda-feira (11), para pedir providências a respeito da falta do serviço de ambulância em Picos. Segundo Afonsinho, o serviço não está disponível há oito meses, porque as ambulâncias do município estão quebradas.

Afonsinho disse que a população de Picos está correndo risco de vida com essa situação. “Desde janeiro eu faço a denúncia que o município de Picos está há mais de 8 meses sem ambulância. Ontem as duas ambulâncias do Samu estavam quebradas, então o município ficou sem assistência alguma de ambulância”.

  • Foto: DivulgaçãoAmbulância quebra em PicosAmbulância quebrada em Picos

O parlamentar informou que as duas ambulâncias regionais, que deveriam cobrir a cidade de Picos, também estão quebradas e que se a população precisar de atendimento de urgência existe o risco de o médico não chegar ao paciente. Além de contar que já questiona a situação há seis meses na Câmara de Vereadores de Picos.

  • Foto: DivulgaçãoUma das ambulâncias de Picos quebradaUma das ambulâncias de Picos quebrada

Outro lado

O Viagora tentou entrar em contato com o prefeito Padre Walmir, para saber o que está acontecendo com as ambulâncias do serviço de saúde do município de Picos, mas não conseguiu localiza-lo. O espaço permanece aberto para esclarecimentos do gestor. 

Mais conteúdo sobre: