Piauí

Vereador pede investigação de contrato do prefeito Zé Medeiros

A denúncia foi realizada no último dia 22 de maio, e Zé Custódio relatou que ainda não tem conhecimento sobre a regularização das falhas por parte da Prefeitura.
MARCOS CUNHA
17/06/2017 08h19 - atualizado

O presidente da Câmara Municipal da cidade de Manoel Emídio, vereador Zé Custódio (PRP), registrou denúncia no Tribunal de Contas do Estado (TCE), apontando irregularidades em um contrato do prefeito Zé Medeiros (PTB).

De acordo com o vereador, a Prefeitura contratou um produtor para organizar e realizar a festa de aniversário da cidade, pelo valor de R$ 21.500, mas não prestou contas ou comprovantes de pagamentos. Zé Custódio acrescenta que não houve licitação para a contratação.

A denúncia ressalta que o contrato para a realização do evento foi pago com mais de dois meses de antecedência, com apenas 26 dias após a posse do prefeito.

“Na prestação de contas apresentada à Câmara, só consta o empenho e o extrato onde aparece as transferências. As notas fiscais, recibos e comprovantes das transferências foram subtraídos do balancete”, informou o vereador em entrevista ao Viagora.

Diante das denúncias, o vereador decidiu enviar documentação para embasar os fatos descritos ao TCE, que investiga as possíveis irregularidades. A denúncia foi realizada no último dia 22 de maio, e Zé Custódio relatou que ainda não tem conhecimento sobre a regularização das falhas por parte da Prefeitura.

Outro lado

Viagora tentou contato com o prefeito Zé Medeiros para esclarecimentos sobre o fato nesta sexta-feira (16), mas mas não obteve retorno até o fechamento da matéria. O espaço segue aberto para os devidos posicionamentos.