Piauí

Wellington Dias entrega ambulâncias e ônibus de coleta de sangue

Os veículos foram entregues para o Hemopi e cinco municípios do interior do Piauí.
RAYANE TRAJANO
07/04/2017 15h59

O governador Wellington Dias entregou, nesta sexta (07), um ônibus equipado para captação e coleta de sangue foi repassado para o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi) e cinco ambulâncias foram entregues para a rede hospitalar estadual, contemplando os municípios de Amarante, Bom Jesus, Canto do Buriti, Elesbão Veloso e São Miguel do Tapuio.

Foram aplicados cerca de R$ 710 mil, do Tesouro Estadual, para aquisição das cinco viaturas. Foram contemplados os hospitais regionais Dr. Francisco Ayres Cavalcante (Amarante), Manoel de Sousa Santos (Bom Jesus) e Norberto Moura (Elesbão Veloso); e os hospitais locais Domingos Chaves (Canto do Buriti) e José Furtado de Mendonça (São Miguel do Tapuio).

  • Foto: CCOMEntrega de ambulânciasEntrega de ambulâncias

 “Queremos estruturar nossa rede de saúde no Piauí. Fazemos isso em parceria com os municípios, ou seja, com a entrega de ambulância ou através de convênios como os de aquisição de equipamentos para as unidades básicas de saúde, consultórios odontológicos. O que queremos é garantir que a atenção básica tenha as condições de funcionamento”, declarou o governador.

De acordo com o secretário Francisco Costa, as ambulâncias têm função fundamental na interligação entre as unidades e centros regionais de saúde, redistribuindo atendimentos e amparando os serviços locais de urgência e emergência.

“Sabendo das limitações, nem todos os hospitais vão poder resolver tudo o que se precisa na saúde. Então, em algum momento, os pacientes precisam ser referenciados para um outro hospital da rede e é por isso que existe essa política de fazer também o referenciamento de pacientes de uma maneira segura, adequada e com o melhor conforto possível”, destacou Francisco Costa.

Coleta de sangue 

O ônibus estruturado para coleta externa de sangue é um investimento de R$ 953 mil em parceria com o Governo Federal. O veículo possui sala de triagem, quatro pontos de coleta, sala de recuperação, sala de lanches e ambiente refrigerado, a unidade móvel vai contribuir para o aumento no número de doadores e para a descentralização dos postos de coleta.

O diretor do Hemopi, Jurandir Martins, falou sobre o reforço ganho na área de coleta e triagem de sangue. “A partir desse ônibus teremos as condições de avançar nas coletas em bairros e periferias de Teresina e até em cidades do interior do estado, de norte a sul. O Hemopi já tem um cronograma de coletas externas e a partir de agora nós vamos dar prosseguimento com o auxílio desse ônibus”, contou o diretor.

Mais conteúdo sobre: