Piauí

Wellington faz alerta devido à baixa cobertura vacinal no Piauí

No vídeo feito pelo governador, ele ressalta que mais pessoas precisam ser vacinadas e que os efeitos colaterais da vacina estão dentro da política de saúde brasileira.
ISABELA DE MENESES
25/05/2017 11h08 - atualizado

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza acaba nesta sexta-feira (26), o Piauí até a última quarta-feira (24) vacinou aproximadamente 406 mil pessoas, atingindo apenas 58% da cobertura. O governador Wellington Dias diante da situação fez um apelo através de vídeo nas redes sociais convidando a população a se vacinar.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, todos os municípios já receberam as doses da vacina. “O Estado do Piauí, através da Secretaria de Saúde, já entregou para cada município todas as doses repassadas pelo Ministério da Saúde, necessárias para a execução da campanha”.

No vídeo feito pelo governador Wellington ele ressalta que mais pessoas precisam ser vacinadas e que os efeitos colaterais da vacina estão dentro da política de saúde brasileira. “É fato que quanto tomo uma injeção tem efeito colateral, mas nada fora da política de saúde”, ressaltou.

As pessoas com 60 anos ou mais de idade, crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, professores das escolas públicas e privadas são alvos da campanha.

Entre o público vacinal previsto para o Piauí, foram vacinados contra a Influenza, 55,50% das crianças, 51,97% dos trabalhadores de saúde, 51,97% das gestantes, 55,11% das puérperas, 60,26% dos idosos e 39,48% dos professores.

Mais conteúdo sobre: