Geral

Wellington lança sistema de monitoramento em unidades de saúde

Ação foi feita em parceria com Sindhospi e Câmara Setorial do Pólo de Saúde.
GABRIEL SOARES
08/05/2017 11h13 - atualizado

O Governo do Estado do Piauí, junto ao Sindicato dos Hospitais, Clínicas, Casa de Saúde e Laboratórios de Pesquisa e Análises Clínicas do Estado do Piauí (Sindhospi) e a Câmara Setorial do Polo de Saúde, lançaram o Sistema de Monitoramento Contínuo para os estabelecimentos da área em uma solenidade nesta segunda-feira (8).

  • Foto: Divulgação/Governo do Estado do PiauíSistema de monitoramento Contínuo para os hospitais é inaugurado em solenidade nesta segunda-feira (8)Sistema de monitoramento Contínuo para os hospitais é entregue em solenidade nesta segunda-feira (8)

O objetivo da medida é evitar assaltos e ocorrências de violência, comuns na região. A ação também é um canal direto de acionamento junto a Polícia Militar. “Recebemos diariamente vários relatos de violência. Assim, precisávamos adotar algumas medidas e criamos o projeto. O plano passou por várias etapas e chegamos ao modelo final”, afirmou o presidente do Sindhospi, Jefferson Campelo.

Uma empresa especializada será responsável pela implantação do sistema, que é monitorado por satélite e estará ligado ao Comando Geral da Polícia Militar. No momento em que ele for acionado terá agilidade no atendimento. Os associados do Sindicato terão benefícios para a implantação do sistema.

Mais conteúdo sobre: