Política

Wilson Martins não decidiu se vai concorrer ao governo do Piauí

O ex-governador conversou com o Viagora e falou sobre as possíveis candidaturas e o cenário político para as eleições de 2018.
ISABELA DE MENESES
12/10/2017 18h05 - atualizado

Mesmo após a derrota para o senador Elmano Férrer (PMDB), em 2014, o ex-governador Wilson Martins garantiu em entrevista ao Viagora na manhã da última terça-feira (10), que não discarta disputar a cadeira do Senado nas próximas eleições, apesar da propositura ao governo do Piauí. 

Em 2018, haverá duas vagas para o Piauí no Senado Federal, na última eleição houve apenas uma cadeira, hoje ocupada por Elmano Férrer. Mas, Wilson ainda não decidiu se vai tentar o parlamento ou o retorno ao Palácio de Karnak. “Não descarto [candidatura] nem ao Senado e nem ao Governo”, enfatizou.

  • Foto: Isabela de Meneses/ViagoraEx-governador Wilson MartinsEx-governador Wilson Martins

Wilson estava participando do 1º Encontro de ex-governadores organizado pela Associação dos Jovens Empresários (AJE) no prédio da Federação das Indústrias do Piauí (Fiepi) e criticou diversas vezes a postura do atual governador Wellington Dias.

O ex-governador também afinetou a possibilidade de candidatura do advogado e empresárioValter Rebelo, recentemente filiado ao PSC. “Acho que as pessoas têm que ter, de alguma forma, uma certa ligação política com o país e com o estado. E nosso nome está à disposição do Piauí, para qualquer que seja a necessidade que o povo tenha”, finalizou o ex-governador.  

Mais na Web