Ao Vivo

Acompanhe em tempo real os desdobramentos da Operação Lava Jato

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou o afastamento do senador Aécio Neves.

Acompanhe ao vivo atualizar
  • Imagens que compõem o conjunto da delação da JBS indicam a entrega de propina aos indicados de Michel Temer (PMDB) e do senador Aécio Neves.  

    Nessas cenas, o deputado Rodrigo Rocha Loures, indicado pelo presidente Michel Temer para tratar com Joesley dos interesses de seu grupo empresarial, é flagrado pegando R$ 500 mil em propina — a primeira parcela de um montante prometido de R$ 480 milhões. As cenas mostram esta entrega, ocorrida em 28 de abril deste ano. 

    As cenas foram divulgadas pelo colunista Lauro Jardim, do jornal "O Globo".

  • Aécio dá bronca em Perrella por declaração "escrota"

  • O jornalista Ricardo Noblat, do O Globo, disse que o presidente Michel Temer está pronto para anunciar sua renúncia ao cargo ainda hoje. Rodrigo Maia (PMDB-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, já teria sido avisado sobre a decisão de Temer.

  • O senador Aécio indicou o primo Frederico Pacheco de Medeiros, conhecido por Fred, para receber o dinheiro. Fred foi diretor da Cemig, nomeado por Aécio, e um dos coordenadores de sua campanha a presidente em 2014. Quem levou o dinheiro a Fred foi o diretor de Relações Institucionais da JBS, Ricardo Saud, um dos sete delatores. Foram quatro entregas de R$ 500 mil cada uma. A PF filmou três delas. As cenas divulgadas pelo colunista Lauro Jardim mostram a primeira entrega, em 19 de abril deste ano. A informação é do site O Globo.

  • Os partidos de oposição anunciaram, nesta quinta-feira (18), que vão protocolar às 17h um novo pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer. O pedido se baseia em suposto crime de responsabilidade e obstrução de justiça supostamente cometidos pelo peemedebista.

    O pedido será assinado por PSOL, PDT, PCdoB, PT e Rede, além de PSB e alguns deputados dissidentes do PTB. 

  • Michel Temer chama as gravações de empresário Joesley Batista de "clandestina"

  • Começa pronunciamento do presidente Michel Temer

  • Em conversa com o empresário do grupo JBS, Joesley Batista, Aécio critica Temer por não dar um jeito na Polícia Federal. O senador ainda chamou Eunício Oliveira e Rodrigo Maia de "fragéis".

  • Presidente Michel Temer afirma que não vai renunciar o cargo."Não renunciarei. Sei o que fiz", diz.

Veja mais