Coluna do Viagora

Coluna do Viagora

Contato: (86) 3232-4940 - E-mail: redacao@viagora.com.br

Médicos reclamam da indefinição e de interesses escusos na nomeação do novo diretor da clínica cirúrgica do HGV

07/05/2014 11h00

O Viagorarecebeu uma denúncia de médicos do Hospital Getúlio Vargas relatando interesses escusos e pessoais por parte de colegas para indicar o novo diretor da Clínica Cirúrgica do HGV.

Os médicos dizem que existe uma disputa interna no hospital que está prejudicando tanto a classe como a população que necessita do atendimento médico. Eles alegam que o corpo técnico do HGV está tentando enganar a nova diretora do HGV, enfermeira Clara Leal, com o intuito de indicar um médico fora da classe dos que fazem parte da clínica cirúrgica.

Veja abaixo a denúncia.

Nem Deus, nem o Diabo, nem o governador, tão pouco o prefeito de Teresina estão conseguindo resolver as mazelas que estão acontecendo na clínica cirúrgica do Hospital Getúlio Vargas (HGV).

Existem pessoas interessadas em defender apenas projetos pessoais criando um verdadeiro caos entre os médicos neste serviço público de saúde.

Até o presente momento sequer foi nomeado o chefe da clínica cirúrgica do referido hospital para traçar metas de condução dos pacientes com enfermidades que merecem atendimento especializado.

Consta que a atual direção do HGV está sendo ludibriada por pessoas que não fazem parte do serviço de cirurgia e que sequer conhecem as reais necessidades do internato e da residência médica em cirurgia.

É notório o grande interesse do governador em resolver os problemas da saúde pública no estado, porém no HGV ocorre uma descontinuidade deste serviço tão desejado por este gestor.

O principal foco destes desentendimentos é a ingerência da diretoria técnica do HGV que não conhece os reais problemas da clínica cirúrgica e do povo necessitado do Piauí, o que tem prejudicado sobremaneira os mais humildes.

Mais na Web