Genevaldo Silva

Genevaldo Silva

Opinião & Política - Contato (86) 99839-8180 / 99423-5410 - E-mail: genevaldosh1@gmail.com

Prefeita Vilma Amorim envia nota sobre reportagem do Viagora

19/07/2018 19h56 - atualizado

A prefeita Vilma Amorim, da cidade de Esperantina, enviou direito de resposta sobre uma reportagem publica na quinta-feira (18) no Viagora. A matéria demonstrou que a gestora começou a receber, a partir de janeiro desse ano, mais de R$ 36 mil de salário da prefeitura. O fato foi verificado através do portal da transparência do município.

Na nota, a prefeita contesta que receba o referido valor em salário. Vilma Amorim diz que recebe de vencimento mensal R$ 18.950,00 conforme valor fixado por Lei Municipal. “não tendo o meu subsídio sofrido qualquer reajuste, tudo como pode facilmente ser verificado nos Balancetes mensais enviados a Câmara Municipal  de Esperantina e aos demais órgãos de controle externo”, declarou a prefeita.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Prefeita Vilma AmorimPrefeita Vilma Amorim

Por fim, ela destaca que “tal informação lançada no portal da transparência ocorreu por erro da empresa STS Informática Ltda, responsável pelo programa de informática utilizado por esta Prefeitura, que constou no portal de transparência desta cidade a informação equivocada de que eu venho recebendo o valor mensal de R$ 36.000,00, quando abem da verdade recebo o valor de R$ 18.950,00. Entretanto, já determinei a abertura de processo administrativo e determinei a notificação da empresa responsável para que faça as correções necessárias e não divulgue informações erradas a respeito de remuneração recebida por mim ou mesmo por servidores deste município.”

Veja abaixo a nota na íntegra.

VILMA CARVALHO AMORIM, na qualidade de prefeita do Município de Esperantina - PI, vem perante V. Exa, com fundamento na Lei nº 13.188/2015, pedir o seu direito de resposta em relação a matéria divulgada em 18 de julho de 2.018 onde o mesmo informa que recebi R$ 36.000,00 (trinta e seis mil reais de salário), para tanto esclareço que:

1 - De início, lamentamos o fato deste site ter feito divulgar matéria sem  buscar ouvir os envolvidos e nem as instituições envolvidas na matéria, como determina o art. 12, inciso I do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros ; o que acabou por gerar a necessidade de requerer, neste momento, o meu direito de resposta assegurado na Lei 13.188/2015. Tudo porque a matéria, embora lançada com base em informação do site da transparência deste município, não buscou averiguar se tais informações estavam corretas ou não, o que poderia ter sido facilmente averiguado nos Balancetes Mensais enviados para Câmara Municipais e demais órgãos  de controle externo.

2 - Isso porque se este portal tivesse tido o cuidado de averiguar os fatos, teria constatado nos Balancetes que jamais recebi como subsídio mensal o valor de R$ 36.000,00, mais sim o valor de R$ 18.950,00, em conformidade com o valor fixado por Lei Municipal, não tendo o meu subsídio sofrido qualquer reajuste, tudo como pode facilmente ser verificado nos Balancetes mensais enviados a Câmara Municipal  de Esperantina e aos demais órgãos de controle externo.

3 - Esclareço, por oportuno, que tal informação lançada no portal da transparência ocorreu por erro da empresa STS Informática Ltda, responsável pelo programa de informática utilizado por esta Prefeitura, que constou no portal de transparência desta cidade a informação equivocada de que eu venho recebendo o valor mensal de R$ 36.000,00, quando abem da verdade recebo o valor de R$ 18.950,00. Entretanto, já determinei a abertura de processo administrativo e determinei a notificação da empresa responsável para que faça as correções necessárias e não divulgue informações erradas a respeito de remuneração recebida por mim ou mesmo por servidores deste município.

4 - Dessa forma, requeiro deste portal, que publique matéria retificadora, corrigindo a matéria equivocadamente lançada neste portal, conforme assegura a Lei nº 13.188/2015.

Atenciosamente ,
Vilma Carvalho Amorim Prefeita Municipal

Mais na Web