Coluna do Viagora

Coluna do Viagora

Contato: (86) 3232-4940 - E-mail: redacao@viagora.com.br

Prefeito de Canto do Buriti Marcos Nunes Chaves contrata duas empresas por R$ 4 milhões de reais

26/06/2013 07h44

Enquanto quase que a totalidade dos prefeitos dos municípios piauienses reclamam da falta de recursos, das dívidas deixadas pelos antecessores e das cobranças e descontos do FPM feitos pelo INSS, existem prefeitos, que pelos contratos que estão assinando para os mais variados serviços, estão nadando em dinheiro. Neste particular, destaca-se o prefeito da cidade de Canto do Buriti, Marcos Nunes Chaves que assinou dois contratos que juntos chegam a quase R$ 4 milhões de reais. Canto do Buriti fica a 393 km de Teresina e tem uma população, segundo dados do IBGE, estimada em 20 020 habitantes.

O prefeito da cidade de Canto do Buriti, Marcos Nunes Chaves do DEM, contratou a empresa Betinho Veículos Ltda pela "bagatela" de R$ 3.317.696,16 ( três milhões trezentos e dezessete mil seiscentos e noventa e seis reais e dezesseis centavos) para prestação de serviços de transportes e fretes. Esse contrato foi firmado no mês de abril e terá validade de doze meses.

Imagem: ReproduçãoMarcos Nunes Chaves(Imagem:Reprodução)Marcos Nunes Chaves

Na mesma publicação no Diário dos Municípios, foi publicado também o contrato com a empresa Geoplan Consultoria Planejamento e Serviços Ltda no valor de R$ 672.719,04 ( seiscentos e setenta e dois mil setecentos e dezenove reais e quatro centavos) para prestação de serviços de manutenção, ampliação e melhorias no sistema de iluminação pública. Esse contrato foi assinado também no mês de abril e terá validade de doze meses.

Para custear os gastos com os contratos, os recursos serão oriundos do Orçamento Geral do Município, FPM, ISS e ICMS.

Como se nota, o prefeito de Canto do Buriti, não tem nada do que reclamar sobre a falta de recursos.

Outro lado

O Viagora tenta falar com o prefeito Marcos Nunes há quase um mês, mas infelizmente sem êxito. O seu celular quando não está fora de área, ninguém atende. O da prefeitura dá como não existente.

Mais na Web