Coluna do Viagora

Coluna do Viagora

Contato: (86) 3232-4940 - E-mail: [email protected]

Wellington pede prorrogação do estado de calamidade a Bolsonaro

21/01/2021 08h05

O governador do Piauí, Wellington Dias, como presidente do Consórcio de Governadores do Nordeste e membro do Fórum dos Governadores do Brasil, assinou ofício em nome dos dois colegiados, solicitando ao presidente da República, Jair Bolsonaro, a prorrogação do estado de calamidade pública no Brasil.

 O  documento cita que a atual conjuntura de enfrentamento à pandemia, sem uma previsão precisa de imunização de toda a população brasileira, além do aumento no número de casos, elevação da taxa transmissibilidade, e crescimento de ocupação de leitos hospitalares em diversas regiões do país, justificam o pedido.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíGovernador Wellington DiasGovernador Wellington Dias

“Essa iniciativa asseguraria a continuidade de ações de proteção àqueles que vivem em situação de vulnerabilidade social e que necessitam de auxílios correspondentes”, cita o ofício.

A prorrogação do estado de calamidade representaria também o prolongamento dos auxílios financeiros pagos pelo governo federal. Uma das preocupações dos governadores é o impacto que a economia deve sofrer com o fim do pagamento, além do crescimento do desemprego.

“Na última semana de janeiro em diante, começará a faltar comida, dinheiro para pagar energia, água, remédio, coisas básicas. Isso vai crescer em fevereiro e março e vai explodir em reações. Não tem como o poder público fugir de sua responsabilidade”, avalia Wellington Dias.

A proposta dos governadores é a prorrogação do estado de calamidade por mais 180 dias.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web