Viagora

Conselho de Saúde quer testagem contínua de profissionais no Piauí

O Conselho Estadual de Saúde do Piauí recomenda que seja feita retestagem em profissionais da área que já tiveram ou não contato com o novo coronavírus.

Com a incidência da pandemia do novo coronavírus, a testagem de profissionais de saúde e da população têm sido uma das principais ferramentas utilizadas para o controle e tratamento da doença. Diante disso, o Conselho Estadual de Saúde do Piauí (CES-PI) está recomendando a aplicação da retestagem da Covid-19 em profissionais de saúde que já tiveram ou não contato com o vírus.

O presidente do CES-PI, João Cabral, também membro do Comintê de Operações Emergenciais do Governo do Piauí (COE-PI), informa que os profissionais têm reclamado de que o teste só vem sendo feito quando há a presença de sintomas da Covid-19.

“Temos acompanhado nesse sentido, tanto no público quanto no privado, a importância de retestagem embora saibamos que não está acontecendo a contento. Há muita reclamação de profissionais da saúde que só estão fazendo quando se tem sintomas, mas o ideal é que faça constantemente, que se tenha uma rotina, até porque ele pode estar bem hoje e amanhã vir a ser contaminado”, disse.

Atualmente no Piauí, de acordo com o boletim epidemiológico da Covid-19 no Estado, cerca de 37.057 casos estão confirmados e 1.065  óbitos pelo novo coronavírus. São 884 pacientes internadas, sendo 559 pacientes em leitos clínicos, 310 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 15 em leitos de estabilização. 

João Cabral comenta ainda os problemas enfrentados pelos profissionais de saúde neste cenário de pandemia e de crise sanitária. 

“São vários problemas constatados além dos testes de Covid-19, como a carga horária de trabalho, o tipo de situação que vivem, muitos não possuem o aconchego familiar por conta do trabalho que exercem. Então é importantíssimo que tenham o devido acesso a Equipamentos de Proteção Individual (EPI´s) adequados e a testagem. Vamos continuar verificando as demandas, acompanhando a situação da saúde no Estado e buscando melhorias na qualidade da área que é tão necessária nesse momento que estamos vivenciando”, conclui o presidente do CES-PI.

Facebook
Indicado para você
Veja também