Viagora

Marília Mendonça: STJ determina retorno das investigações do acidente

As investigações foram paralisadas no dia 8 de abril, após o Superior Tribunal de Justiça ser acionado para decidir de quem era a competência para julgar o caso.

Após um mês paralisadas as investigações sobre o acidente aéreo que levou a óbito a cantora de sertanejo Marilia Mendonça e mais quatro pessoas de sua equipe, serão retomadas após decisão no Superior Tribunal da Justiça (STJ) sobre qual órgão é responsável pelas investigações.

As investigações do acidente que estavam sendo realizadas pela Policia Civil da região da cidade de Caratinga em Minas Gerais, foram paralisadas no dia 8 de abril, após o STJ ser acionado para decidir a quem cabia a competência de julgar o caso, já que nem o juiz estadual ou federal se declararam competentes do caso.

Na semana passada o ministro relator do Superior Tribunal de Justiça, Antonio Saldanha Palheiro, tomou a decisão que a Policia Civil voltaria as investigações do caso e a justiça do estado de Minas Gerais será responsável pelo julgamento.

O caso será acompanhado pela 3° vara criminal e do tribunal do Juri de Caratinga (MG). Conforme o STJ, não há indícios que houve lesão de bens, serviços e interesses de cunho federal, mas informa também que isso pode mudar dependendo do andamento das investigações.

O acidente ocorreu no dia 05 de novembro de 2021. O avião de pequeno porte onde a cantora e sua equipe estavam sendo transportados caiu em uma cachoeira na serra da cidade de Piedade de Caratinga (MG), segundo o médico legista Thales Bittencourt de Barcelos responsável pela autopsia dos corpos, todos os ocupantes da aeronave morreram de politraumatismo, devido ao choque da aeronave ao solo. As vítimas do acidente foram; Marília Mendonça, morreram no acidente o piloto Geraldo Medeiros; o copiloto Tarciso Viana; o produtor Henrique Ribeiro; e o tio e assessor de cantora, Abicieli Silveira Dias Filho.

com informações do G1

Mais conteúdo sobre:

Cantora Marília Mendonça

Facebook
Indicado para você
Veja também