Piauí

Abastecimento de água será comprometido na zona Leste nesta terça

De acordo com a Águas de Teresina, será instalada uma nova unidade de abastecimento que irá beneficiar cerca de 170 mil teresinenses em 30 bairros.
25/05/2020 18h00

A Águas de Teresina informa que devido a instalação de uma nova unidade de bombeamento – booster- na zona Leste de Teresina, o abastecimento de água na região será comprometido a partir das 21h desta terça-feira (26) com previsão de retorno na manhã da quarta-feira (27).

De acordo com a concessionária, o cronograma foi antecipado devido um vazamento na atual unidade de bombeamento instalada na Avenida Universitária, que apresentou redução de desempenho.

A concessionária orienta o armazenamento e uso racional da água apenas para as atividades essenciais do dia a dia. Com a nova unidade, a Águas de Teresina estima que cerca de 170 mil teresinenses em 30 bairros da capital sejam beneficiados.

Segundo a empresa, o incremento será de 830 mil litros de água a mais, a cada hora, beneficiando em especial os bairros localizados no extremo da zona Leste. O valor do investimento é de aproximadamente R$ 4,9 milhões.

O diretor executivo da Águas de Teresina, Diego Dal Magro, explica que a medida visa antecipar possível falhas no atual sistema de bombeamento, e relata que a nova unidade conta com tecnologia de ponta e irá aumentar em 30% da capacidade de distribuição na zona Leste.

 “Estamos cientes que esse é um momento delicado, no qual a água se faz imprescindível para as atividades de higiene. Avaliamos minuciosamente a situação e concluímos que é mais seguro iniciar a operação da nova unidade de bombeamento, que conta com tecnologia de ponta e confere segurança operacional e aumento em 30% na capacidade de distribuição”, explica o diretor executivo.

Conforme a Águas de Teresina, o sistema responsável por abastecer a zona Leste vem passando por uma ampla requalificação com a substituição e instalação de novas bombas, readequação dos quadros elétricos, além da perfuração de poços e implantação de duas novas adutoras, que totalizam 13,6 km de extensão e reforçam a distribuição.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web