Política

“Acabou o mimimi e a choradeira”, diz secretário Robert Rios

De acordo com secretário, na primeira reunião com o prefeito, será feito um recadastramento de servidores e terceirizados, para saber quantos são e onde atuam.
05/01/2021 10h02 - atualizado

O vice-prefeito de Teresina, Robert Rios, que também assumiu o cargo de secretário municipal de Finanças (SEMF), nessa segunda-feira (04), disse que, vai pedir o extrato de todas as contas, para fazer um diagnóstico completo dos últimos 5 dias da gestão passada, na Prefeitura.

“Como primeira providência, vou pedir o extrato de todas as contas, de todos os convênios e vamos querer saber o que aconteceu aqui nos últimos 5 dias, ainda hoje vamos fazer um diagnóstico completo dos últimos 5 dias de gestão passada”, disse Robert Rios.

De acordo com secretário, na primeira reunião com o prefeito, será feito um recadastramento de servidores e terceirizados, para saber quantos são e onde atuam. “Vamos fazer um recadastramento de servidores e terceirizados, nós queremos saber quantos somos, onde estamos e fazendo o quê, e isso vai ser determinado em reunião com o prefeito”, disse o secretário.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraVice-prefeito Robert RiosVice-prefeito Robert Rios

Como vice-prefeito, Robert Rios, disse que a sua prioridade, juntamente a Dr. Pessoa, é a área social. Pois existem muitos moradores de rua, passando fome, doentes e que não tem onde tomar banho e dormir. "A prioridade é a área social, temos muitos irmãos e irmãs de rua, passando fome, doentes, sem ter onde dormir ou mesmo tomar um banho, então os mais pobres e mais humildes virão em primeiro lugar”, esclareceu o vice.

De acordo com o secretário de Finanças, em Teresina existem milhares de pessoas desempregadas, sem qualquer renda, nos bairros mais pobres, e a intenção é ajudar esses teresinenses, mas para isso as contas do município, devem ser ajustadas.

“Eu estou dizendo que a partir de hoje acabou o mimimi, a choradeira, quem ganha a eleição tem que administrar, não vamos ficar administrando pelo retrovisor, dizendo o aqui aqui fez o governo passado, temos que dizer o que está fazendo o governo atual”, concluiu Robert Rios.

Mais na Web