Polícia

Acidentes: PRF intensifica fiscalização nas rodovias do Piauí

Com as medidas de isolamento, a Superintendência da PRF no Piauí informou que houve uma diminuição no fluxo de veículos, o que ajudou a identificar com mais facilidade ações criminosas nas rodovias.
07/08/2020 17h58 - atualizado

Já antes da pandemia da Covid-19 e dos decretos de isolamento social, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) vinha intensificando as fiscalizações nas rodovias do Piauí com o objetivo de reduzir o número de acidentes e conter a criminalidade.

De acordo com o superintendente da PRF-PI, Stênio Pires, devido à pandemia algumas atividades como a "Educação para o Trânsito" e palestras tiveram que ser suspensas para garantir a segurança de agentes e motoristas, mas ele ressalta que o trabalho de fiscalização continua sendo realizado de forma intensa com todas as medidas de segurança.

“A Polícia Rodoviária Federal não interrompeu ou diminuiu as suas atividades por conta da pandemia, ao contrário, nós intensificamos a fiscalização. Adotamos todas as medidas de segurança possíveis e adequadas para segurança do policial e para a segurança do cidadão que estava sendo abordado pela PRF com a utilização de máscaras, material de higienização. Algumas atividades foram suspensas, como por exemplo a “Educação para o Trânsito”, com situação de presença de pessoas nos postos, palestras, essas foram realmente suspensas, mas a fiscalização ao longo das rodovias federais ela continuou intensa”, afirma o superintende.

Com as medidas mais rígidas de isolamento, a Superintendência da PRF no Piauí informou que houve uma diminuição no fluxo de veículos, o que ajudou os agentes a identificar com mais facilidade ações criminosas nas rodovias, como o tráfico de drogas.

“Nesse período, do início do isolamento social, houve uma diminuição considerável no fluxo de veículos ao longo das rodovias federais, e graças à essa diminuição e a continuidade da fiscalização da PRF, houve uma redução significativa tanto nos acidentes como nas vítimas fatais. Mas também, devido à essa redução do fluxo de veículos, foi possível identificar algumas situações de crime de maneira mais fácil. Mesmo com a redução do fluxo, mesmo com o isolamento social, os índices de combate à criminalidade tiveram um acréscimo nesse período: de pessoas detidas, de drogas apreendidas”, explica Stênio Pires.

Novos veículos

A PRF no Piauí recebeu 21 novos veículos do Governo Federal no fim do mês de julho, sendo 14 viaturas operacionais blindadas, duas viaturas administrativas, quatro motocicletas e uma ambulância com suporte avançando.

“Somando as que foram recebidas no final do ano passado e no começo desse ano, somam mais de 60 viaturas novas. O grande diferencial desse lote recebido é que essas viaturas possuem proteção balísticas, ou seja, o policial ele vai ter mais segurança nas ações de combate à criminalidade. Com essa frota renovada haverá uma intensificação na fiscalização”, comenta o superintendente da PRF-PI.

Mais na Web