Piauí

Acusado de matar Emídio Reis é assassinado em Alagoinha do Piauí

A ação não teve testemunhas por ter acontecido em um local é de difícil acesso. Mas inicialmente a polícia acredita que cerca de três pessoas estão envolvidas e participaram do crime.
  • ISABELA DE MENESES
03/08/2017 09h42 - atualizado

No final da noite dessa quarta-feira, por volta das 23h, três pessoas foram assinadas a tiros na cidade de Alagoinha do Piauí, na localidade de São João, zona rural do município.

Segundo informações do Coronel Viana, comandante do policiamento de Picos, as vítimas foram identificadas como Antônio Sebastião de Sá, mais conhecido como "Antônio Virgílio", de 40 anos, Teresinha Francisca de Sá, mãe de Antônio, 63 anos e uma terceira vítima, identificada apenas como Francisca, que trabalhava na casa.

Um fato que chamou a atenção do Coronel Viana é que a vítima, Antônio Virgílio, “foi um dos executores do político Emídio Reis”. O crime aconteceu 2013 e Antônio foi posto em liberdade ano passado, assim como os outros acusados pelo assassinato.

O coronel Viana também informou que as vítimas levaram tiros de pistola e que no local o Delegado Aureliano de Pio XI, responsável pelo caso, recolheu estojos de pistola calibre 380. As duas mulheres foram mortas com dois tiros e Antônio Virgílio foi assassinado com 9 tiros.

A ação não teve testemunhas por ter acontecido em um local é de difícil acesso. Mas inicialmente a polícia acredita que cerca de três pessoas estão envolvidas e participaram do crime.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web