Polícia

Acusado de matar ex-prefeito de Altos é condenado 23 anos depois

Raimundo Nonato Alves da Silva deve cumprir pena de 19 anos e nove meses de prisão pela morte de César Leal em 1996.
26/11/2019 10h10 - atualizado

Um homem acusado de matar o ex-prefeito do município de Altos foi condenado, nessa segunda-feira (25), depois de 23 anos do ocorrido.

Raimundo Nonato Alves da Silva foi condenado pela Justiça do Piauí, a 19 anos e nove meses de prisão, em regime fechado, pela morte do então prefeito do município César Leal em abril de 1996.

O crime

De acordo com a Justiça, o condenado foi contratado pelo então ex-vice prefeito de Altos por R$ 10 mil para executar César Leal no dia 11 de abril de 1996.

  • Foto: Arquivo PessoalCésar Leal, prefeito de Altos em 1996César Leal, prefeito de Altos em 1996

A ação teria sido toda premeditada, ele entrou na residência da vítima discutiu com ele por um motivo banal, esperou a vítima sair andando e disparou três vezes à curta distância contra o prefeito e fugiu sendo preso em flagrante pouco tempo depois.

Os disparos atingiram o braço, ouvido e nuca causando morte imediata do prefeito, os autos apontam também que o crime teria sido motivado por interesses políticos.

O ex-vice prefeito, Antônio Orlando da Silva, já havia ido à júri popular em 2016, mas acabou sendo inocentado e o Ministério Público afirmou que irá recorrer da decisão para um novo julgamento.

Mais na Web