Piauí

Advogado de Ciro diz que PF apreendeu dinheiro de Iracema Portella

A Polícia Federal apreendeu R$ 200 mil na residência do senador Ciro Nogueira, durante operação que aconteceu ontem (24).
25/04/2018 16h59 - atualizado

A Polícia Federal apreendeu R$ 200 mil na residência do senador Ciro Nogueira, durante operação que aconteceu ontem(24). Segundo o advogado de Ciro, a PF também apreendeu pertences e valores particulares da deputada federal Iracema Portela, esposa do senador. As senhas foram fornecidas voluntariamente pelo casal.

  • Foto: Facebook/Iracema PortellaDeputada Iracema PortellaDeputada Iracema Portella

O presidente nacional do Progressista, junto com o deputado Eduardo da Fonte, são suspeitos de tentar comprar o silêncio do ex-assessor parlamentar José Expedito Rodrigues Almeida.

  • Foto: Reprodução/FacebookSenador Ciro Nogueira.Senador Ciro Nogueira.

O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, disse, em nota que a ação da PF foi “absolutamente desnecessária”, mas que “ocorreu rigorosamente dentro da legalidade”. Sobre o dinheiro apreendido, o advogado disse que informou sobre os valores à Receita Federal.

“Na residência não houve documento apreendido e a apreensão de montante em espécie é facilmente justificada, pois o senador tem em seu IR valores em moeda regularmente declarados”, diz trecho da nota. O advogado se mostra despreocupado em relação aos documentos apreendidos no gabinete de Ciro.

Por fim, a defesa nega, na nota, a tentativa de obstrução por parte de Ciro Nogueira e diz que o senador está disponível à Justiça para explicações.

“A afirmação de que o senador, de alguma maneira, pudesse ter feito qualquer movimento a ser equivocadamente entendido como tentativa de obstrução é, nas palavras do senador, completamente fora da realidade. Sequer 'en passant' o senador praticou qualquer ato que pudesse ser interpretado como tentativa de embaraço. A defesa reitera que o senador Ciro continua à disposição do poder Judiciário para todo e qualquer esclarecimento, como sempre esteve”.

Missão oficial fora do país

Enquanto a Polícia Federal fazia buscas em seu gabinete e apartamento, o senador Ciro Nogueira estava fora do Brasil. De acordo com o site do Senado Federal, o presidente nacional do Progressistas está participando da 41ª Sessão do Comitê de Direção da União Interparlamentar para a Organização Mundial do Comércio (OMC). A missão oficial acontece desde o dia 24 em Bruxelas, Bélgica, e segue até o dia 26 de abril.

Mais na Web