Coronavírus no Piauí

Agentes da GCM de Teresina recebem 1ª dose da vacina contra Covid

Segundo a Prefeitura de Teresina, a primeira dose da vacina contra a Covid-19 foi aplicada em 185 agentes, que correspondente a 50% do efetivo atual da Guarda Municipal.
08/04/2021 17h02 - atualizado

A Prefeitura de Teresina informou que nessa quarta-feira (07), 185 agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) foram vacinados com a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

Segundo a prefeitura, a aplicação da primeira dose da vacina nos agentes, que correspondente a 50% do efetivo atual da Guarda Municipal, foi realizada na sede de Corpo de Bombeiros do Piauí, na região da zona Sul de Teresina.

  • Foto: Divulgação/Prefeitura de TeresinaAgentes da GCM de Teresina recebem 1ª dose da vacina contra CovidAgentes da GCM de Teresina recebem 1ª dose da vacina contra Covid

O primeiro a ser vacinado foi o guarda Hildeberto Matias Soares, de 51 anos, agente mais velho da Guarda Municipal que ingressou no primeiro concurso, no ano de 2016. Para ele, a vacinação é importante pois irá proporcionar mais segurança para prestarem os serviços à sociedade.

“A vacinação vai garantir que tenhamos uma imunidade contra uma pandemia que vem ceifando milhares de vidas no país e, nós da Segurança Pública, estamos na linha de frente. A vacinação vai dar segurança ao trabalharmos e prestarmos nosso serviço à sociedade”, disse o primeiro guarda vacinado.

  • Foto: Divulgação/Prefeitura de TeresinaGuarda Municipais sendo vacinados em TeresinaGuarda Municipais sendo vacinados em Teresina

Já a guarda Karen Dias, que ingressou no efetivo na seleção de 2020, destaca que recebe a primeira dose da vacina com muita alegria.

“Hoje é um dia de muita alegria para a nossa categoria. Os guardas municipais, assim como os policiais civis, militares e outros profissionais da Segurança, trabalham diariamente na rua e estão expostos a mais riscos. É uma satisfação tomar essa primeira dose, representa muito pra gente. Todo dia nos esforçamos, estamos em contato com várias pessoas. Torço para que a vacina chegue a todos”, comenta Karen Dias.

Mais na Web