Piauí

Alepi aprova projeto de lei que amplia cotas na UESPI

O projeto é baseado na Lei federal nº 12.711/2012, que institui 50% das vagas nos institutos e universidades federais, para estudantes de escola pública, negros, indígenas e pessoas com deficiência.
22/12/2020 16h17 - atualizado

A Assembleia Legislativa do Piauí (ALEPI) aprovou, a proposta de ampliação de vagas de ações afirmativas dos processos seletivos de Ensino Superior e Pós-graduação na Universidade Estadual do Piauí (UESPI). Agora, segue para sanção do governador Wellington Dias.

De acordo com a proposta, a ampliação das cotas sociais, passa de 30% para 50% para o ingresso no Ensino Superior Público e, 30% para a Pós-graduação stricto-sensu. Este foi o resultado do projeto apresentado pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas Afro (Nepa) e o Núcleo de Estudos e Pesquisa em Educação e Ciências Sociais (NUPECSO), sob coordenação do professor doutor Élio Ferreira e, professor doutor José Bispo, com apoio do projeto de Lei 171/2020 dos deputados Franzé Silva e Francisco Costa, na Assembleia.

O projeto se baseou na Lei federal nº 12.711/2012, que institui 50% das vagas nos institutos e nas universidades federais para estudantes de escola pública, negros, indígenas e pessoas com deficiência. 

Estiveram nessa discussão professores, coordenadores, diretores de departamento, conselheiros e representantes da Defensoria Pública.

Mais na Web