Piauí

Animais são mortos por envenenamento no município de São Julião

Outros casos, com a mesma suspeita, foram registrados em municípios da região de Picos como Fronteiras, Pio IX, Francisco Santos, entre outros.
02/02/2021 12h10

Nos últimos dias, em São Julião, pelo menos sete animais entre cães e gatos, morreram vítimas de envenenamento. Membros da Associação de Proteção Animal de São Julião (APASJU) relataram que há uns quatro dias chegou ao conhecimento do grupo sobre os casos de envenenamento.

Um dos protetores de animais da APASJU afirmou que matar um animal é crime. Segundo ele, a Associação procurou as autoridades para buscar medidas cabíveis, diante da situação.

“Um animal que cuido apareceu morto. A única coisa que os animais querem é carinho e comida”, enfatizou. “A gente cuida e quer o bem deles. A gente se apega e tem como membro da família. Nós que trabalhamos cuidando de animais, pegamos da rua, procuramos adoção, bem como damos lar temporário e fazemos o que pode”, declarou o integrante do grupo.

  • Foto: Divulgação/WhatsAppAnimais envenenados em São Julião.Animais envenenados em São Julião.

De acordo com a APASJU, entre os animais estão dois gatos de um morador do Centro de São Julião que relatou que o veneno estava dentro de linguiças. Outros cinco cães também foram envenenados.

O grupo relatou ainda que as mortes por envenenamento e maus-tratos já fugiram do controle de registros de casos. A prática criminosa atinge até mesmo animais criados dentro de casa.

Outros casos de envenenamentos foram registrados em municípios da região de Picos como Fronteiras, Pio IX, Francisco Santos, entre outros.

Nas redes sociais, a APASJU divulgou uma nota de repúdio contra a prática criminosa. De acordo com a manifestação, a Associação informou que já está tomando as devidas providências contra o envenenamento de animais que tem ocorrido na cidade.

A nota alerta ainda, para que a população compartilhe qualquer suspeita de envenenamento de animais, por meio de fotos e vídeos ou mesmo registrar um Boletim de Ocorrência, e compartilhar com a APASJU.

Os protetores de animais lembram, na divulgação, que o responsável por este tipo de ato criminosos, poderá ser enquadrado no crime de crueldade contra os animais (Lei de Crimes Ambientais 3688/41, art. 64 Lei 9605/98, art. 32), com pena de três meses à cinco anos de prisão por maus tratos ou morte de animais.

Confira a nota na íntegra:

A associação APASJU de proteção animal de São Julião. Vem por meio desta nota, avisar que irá tomar as devidas providências contra o envenenamento de animais que está sendo ocorrido na cidade. E o responsável por este ato poderá ser enquadrado no crime de crueldade contra os animais (Lei de Crimes Ambientais 3688/41, art. 64 Lei 9605/98, art. 32), Com pena de 3 meses à 5 anos de prisão por maus tratos ou morte de animais.

Tire foto, filme. Você pode fazer um B.O sem saber quem foi a (o) criminoso (a) em caso de envenenamento.

Com informações do Cidades na net.

Mais na Web