Polícia

Após ser baleado, Policial Militar pode perder a visão, diz HUT

O sargento Carlos Alberto atendia à um caso de violência doméstica em Morro Cabeça do Tempo, na última sexta-feira (31).
  • DA REDAÇÃO
04/02/2020 09h20 - atualizado

O sargento da Polícia Militar que foi baleado ao atender uma ocorrência corre o risco de perder a visão de um dos olhos. Carlos Alberto Brito Gonçalves prestava atendia à um caso de violência doméstica em Morro Cabeça no Tempo, localizado a 713 Km de Teresina, na última sexta-feira (31).

De acordo com a equipe médica do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), o policial militar foi encaminhado para a unidade logo após deixar o Hospital de Floriano. O sargento deu entrada no HUT no último sábado (01), vítima de um disparo de arma de fogo que atingiu seu olho direito.

  • Foto: GP1Hospital de Urgência de Teresina (HUT).Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

O caso

Segundo a Polícia Militar, o sargento foi atingido por um tiro de espingarda ao atender a ocorrência em que Valdemar Alves Folha, vulgo Vuda, estaria tentando matar a esposa a pauladas.

Além da esposa, o acusado também agrediu sua cunhada e alvejou o policial militar, em seguida. Os três foram levados para um posto de saúde da cidade e encaminhados para o Hospital de Curimatá. Valdemar Alves Folha fugiu, após o crime e até o momento a polícia realiza diligência para localizar o suspeito.

Mais na Web