Piauí

Áreas com risco de alagamento estão sendo monitoradas em Teresina

Além da constante vigilância da situação em localidades de risco, equipes das Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDUs) também realizam a limpeza de bueiros e galerias.
07/01/2021 16h01 - atualizado

A Prefeitura de Teresina intensificou o monitoramento de áreas vulneráveis a desastres, como alagamentos e deslizamentos, nesse início de período chuvoso, em todas as zonas da capital piauiense.

Segundo a Prefeitura, agentes de Defesa Civil da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), estão trabalhando nessa fiscalização em 56 áreas.

Das áreas de risco de alagamentos ou deslizamentos, são 23 na zona Norte, 12 na zona Sul, 13 na zona Leste, 7 na zona Sudeste e 1 na zona Rural. Isso de acordo com os dados divulgados pela Defesa Civil.

Além da constante vigilância da situação em localidades de risco, equipes das Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDUs) também realizam a limpeza de bueiros e galerias.

De acordo com secretária que comanda a Semcaspi, Eliana Lago, um plano para prestar assistência em caso de qualquer eventualidade, está sendo elaborado.

“Temos o olhar de cuidar de pessoas, que é a marca da gestão do prefeito Doutor Pessoa, desenvolvendo projetos junto as comunidade vulneráveis”, enfatizou a titular da pasta, Eliana Lago.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web