Política

Assis Carvalho e mais 2 deputados do Piauí votam contra Temer

O deputado Marcelo Castro (PMDB) não compareceu à votação.
  • RAYANE TRAJANO
02/08/2017 21h04

A bancada piauiense na Câmara dos Deputados ficou dividida na sessão desta quarta-feira (02), durante votação do parecer contrário a instauração de investigação contra o presidente Temer no Supremo Tribunal Federal (STF).

Os deputados piauienses Assis Carvalho (PT), Silas Freire (Podemos) e Rodrigo Martins (PSB) votaram a favor do prosseguimento imediato da denúncia contra o Presidente Michel Temer (PMBD).

“Pela democracia desse país e para que Temer vá fazer companhia a Eduardo Cunha, o voto é não ao relatório e sim à continuidade da investigação”, justificou o petista.

  • Foto: DivulgaçãoDeputados federais do PiauíDeputados federais do Piauí

Iracema Portella (PP), Júlio César (PSD), Paes Landim (PTB), Maia Filho (PP), Átila Lira (PSB) e Heráclito Fortes(PSB), votaram em concordância com o parecer, para que o caso só vá a julgamento no STF depois que Temer deixar o cargo.

“Pela melhoria dos indicadores econômicos de nosso país, pela convicção que eu tenho de cada dia melhorar a vida do povo brasileiro, e por recomendação partidária, eu voto sim”, disse Júlio César ao votar.

O deputado Marcelo Castro (PMDB) não compareceu à votação.

Mesmo antes do fim da votação, o resultado era irreversível: a denúncia será arquivada e só deve ser analisada pelo Supremo, depois do fim do mandato de Temer.

Mais na Web