Piauí

Bancários não trabalharão nos feriados de 26 e 30 de março no Piauí

Segundo o sindicato, a decisão é em prol da vida dos bancários e da população e essa medida visa conter a disseminação da Covid-19.
26/03/2021 12h52 - atualizado

Na noite dessa quinta-feira (25), o Sindicato dos Bancários do Piauí em reunião com os trabalhadores da classe bancária, decidiram por seguir os feriados decretados e não irão trabalhar nesta sexta-feira (26) e na terça-feira (30).

Na assembleia virtual, a categoria decidiu com votação expressiva de 82,6%, por não trabalhar presencialmente nos bancos nos feriados decretados pelo Governo do Piauí.

Segundo o sindicato, a decisão é em prol da vida dos bancários e da população. A medida visa conter a disseminação da Covid-19. Com isso, os atendimentos serão apenas de forma digital e via caixas eletrônicos.

De acordo com o Presidente do Sindicato dos Bancários, Odaly Medeiros, o trabalhador bancário tem direito aos feriados afim de contribuir para a não disseminação do vírus e ajudar a preservar a sua saúde e a da população.

“A categoria bancária muito trabalhou e se sacrificou nesse 1 ano de pandemia para que a economia não parasse e pudesse ajudar a população mais necessitada. Mas estamos vivendo o pior período dessa crise da Covid-19 e nossos trabalhadores também estão se contaminando. Então é necessário aproveitar o decreto dos feriados que o Governo do Estado do Piauí publicou para que possamos dar uma diminuída na disseminação dessa doença e proteger a vida dos bancários e da população”, disse Odaly Medeiros.

O presidente dos bancários ressaltou ainda que os bancos contribuem muito para o agravamento de casos entre os trabalhadores da categoria e os clientes que vão aos bancos, uma vez que não são sensíveis ao momento.

Para o diretor Antonio Carvalho Machado, os bancos não estão preocupados com a situação da classe trabalhadora.

“Os bancos estão divulgando que vão abrir as agências. Não comunicaram os funcionários em tempo hábil e estão informando de maneira aleatória, sem convocar ninguém. Então, o entendimento da Assembleia é de que iremos obedecer ao que está decretado pelo Governo Estadual, que antecipou os feriados e por conseguinte, a categoria não é obrigada a trabalhar”, disse.

Na próxima segunda-feira (29/03), a classe trabalhadora deverá se reunir novamente em Assembleia para avaliar se irá parar no feriado da quarta-feira (31), caso as Prefeituras Municipais do Piauí oficializem os feriados antecipados de suas cidades.

Mais na Web