Polícia

Bandido que participou de assalto com 12 reféns é levado para presídio em ambulância do HUT

No confronto com a polícia, Luiz Gustavo que já responde a processo por assalto e formação de quadrilha, na área do 8º DP, no conjunto Dirceu Arcoverde, em Tere
    26/10/2012 17h30

    O assaltante Luiz Gustavo Reis, 20 anos, que, foi baleado em um confronto com a Polícia Militar, no povoado Tapuia, no Município de Teresina-PI, depois de participar de um assalto com 12 reféns, no dia 11 de outubro deste ano (2012), na cidade de José de Freitas-PI, recebeu alta do Hospital de Urgência de Teresina, por volta das 9h25min de ontem (25 de outubro de 2012) e depois foi levado para o Instituto Médico Legal, pelos agentes Gilson Ferreira e Oliveira, onde ele foi submetido a exames e em seguida, foi recolhido à Penitenciária Irmão Guido, onde aguardará decisão da Justiça.

    No confronto com a polícia, Luiz Gustavo que já responde a processo por assalto e formação de quadrilha, na área do 8º DP, no conjunto Dirceu Arcoverde, em Teresina-PI, foi atingido com um balaço na coxa direita ao lado da virilha e outro tiro na perna esquerda. Luiz Gustavo deixou a Enfermaria 232 no 1º andar do Hospital de Urgência de Teresina, nesta quinta-feira (25), em uma maca, escoltado pelos policiais civis Gilson Ferreira (Coordenador da Polícia Civil em José de Freitas) e José Oliveira (Chefe de Investigações do 17º DP).

    O assaltante foi levado na maca até a Ambulância do HUT que foi conseguida pelo policial Gilson Ferreira para conduzi-lo até ao IML e depois à Penitenciária Irmão Guido porque ele ainda não tem condições de caminhar em razão dos balaços que recebeu nas pernas.

    O assaltante foi levado na maca até a Ambulância do HUT que foi conseguida pelo policial Gilson Ferreira para conduzi-lo até ao IML e depois à Penitenciária Irmão Guido porque ele ainda não tem condições de caminhar em razão dos balaços que recebeu nas pernas.

    Mais dois bandidos participaram do assalto e continuam sendo procurados pela polícia. Durante o assalto, um dos bandidos agrediu fisicamente uma jovem que chegou a passar mal e ainda passou algumas horas internada no Hospital Nossa Senhora do Livramento, em José de Freitas. Essa informação foi prestada ao Saraivareporter.com por um parente da jovem que foi agredida pelo assaltante. Na ocasião do assalto, o comerciante Adalto tinha acabado de sair de casa para ajudar a um vizinho, que sua filha tinha morrido a caminha de Teresina.

    A quadrilha roubou a importância de 4 mil reais em dinheiro e telefones celulares dos reféns. De acordo com informações levantadas pelo Coordenador da Polícia Civil em José de Freitas, Gilson Ferreira, a quadrilha esperava ter encontrado mais dinheiro na casa de Adalto. A polícia apreendeu em poder de Luiz Gustavo e de Adailson Lira, um revólver calibre 38, uma espingarda 36 e uma arma de calibre 12, além da moto Titan, de cor preta, que eles ocupavam.


    Mais na Web