Geral

Caixa paga hoje saque emergencial do FGTS a nascidos em setembro

Apesar do saque emergencial ter perdido a validade, a Caixa Econômica mantém o calendário de saques.
31/08/2020 08h30 - atualizado

Nesta segunda-feira (31), é liberado R$3,2 bilhões em crédito do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de até R$1.045, para os nascidos em setembro. Apesar do saque emergencial ter perdido a validade, a Caixa mantém o calendário de saques.

O objetivo do Governo é injetar R$437,8 bilhões na economia, que irá beneficiar cerca de 60 milhões de pessoas. Os pagamentos são feitos através da conta poupança digital da Caixa Econômica Federal (Caixa Tem).

O saque emergencial permite a retirada de até R$1.045, de acordo com o saldo de todas as contas do FGTS, tanto ativas quanto inativas.

O dinheiro ainda não está disponível para saques e transferências, podendo ser movimentado apenas por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de boletos, compras com o cartão de débito virtual em sites e compras com QR Code em maquininhas de cartão de lojas parceiras, com débito instantâneo do saldo da poupança digital.

Liberação para saque

Os trabalhadores nascidos em setembro só terão saques e transferências liberados a partir de 31 de outubro. O calendário de liberação de crédito na conta segue o mês de nascimento dos beneficiários.

Orientações

A Caixa alerta que não pede senhas, dados ou informações por meio de mensagens. Tmbém não há o envio de links e nem pede confirmação de dispositivo ou acesso à conta por e-mail, SMS ou Whatsapp.

Cancelamento do crédito automático

O trabalhador tem até 10 dias antes do início do seu calendário de crédito na conta para indicar que não deseja receber o saque emergencial, para que seu FGTS não seja debitado.

Caso a conta da poupança social digital não seja movimentada até 30 de novembro de 2020, os valores corrigidos de crédito retornarão à conta do FGTS.

Mais na Web