Geral

Câmelos vendem vacina falsa contra a Covid-19 no Rio de Janeiro

A “vacina” está sendo vendida por um preço médio de R$ 50, juntamente com certificados e até mesmo aplicação imediata.
23/12/2020 08h46 - atualizado

Durante o último domingo (20) circularam nas redes sociais fotos de vacinas falsas, que estão sendo vendidas nos camelôs no bairro Madureira, na zona Norte do Rio de Janeiro. Essa falsificação tem relação com a chegada da Coronavac, vacina contra a Covid-19, no Brasil.

A “vacina” está sendo vendida por um preço médio de R$ 50, juntamente com certificados e até mesmo aplicação imediata. A CoronaVac já se encontra no Brasil e em janeiro começa a vacinação em São Paulo, no entanto, o produto não será comercializado, a aplicação será feita somente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

  • Foto: Divulgação/TwitterVacina falsa contra a Covid-19Vacina falsa contra a Covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) alertou em outubro de 2020 eu uma empresa em Niterói estava comercializando uma vacina falsa contra o novo coronavírus. Na época as informações foram apuradas pela Polícia Federal e foi emitido um mandado de busca e apreensão na sede da empresa. Foi esclarecido pela Anvisa que quando houve a apreensão, ainda não tinha imunizantes autorizados para a comercialização.

Após a finalização da última fase dos testes clínicos da CoronaVac, o Instituto Butantan anunciou que vai pedir para a Anvisa a aprovação do uso emergencial da vacina. Caso o imunizante apresente eficácia mínima de 50%, a vacina pode ser liberada pela agência no Brasil.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web