Piauí

Câmeras registram suspeitos de matar servidor do TJ antes do crime

As imagens foram registradas por câmeras de segurança instaladas em uma lanchonete fast food localizada no bairro Dirceu Arcoverde.
02/09/2019 11h00

Câmeras de segurança de uma lanchonete registraram os dois suspeitos de participar do homicídio que vitimou Francisco das Chagas Campelo e Silva, servidor do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), minutos antes do crime ocorrer na noite da última quarta-feira, 28 de agosto, no bairro Tancredo Neves, zona Sudeste de Teresina.

De acordo com as imagens, os dois suspeitos, Vinícius Alves da Silva e Igor Araújo Sousa, estavam a pé indo em direção à Avenida Principal do Dirceu Arcoverde, quando foram registrados por câmeras instaladas em uma rede de fast food, situada em frente à Fundação Bradesco, momentos antes de chegarem até um bar no Tancredo Neves, onde o crime aconteceu.

Os homens teriam matado o oficial de justiça para roubar o seu veículo, uma caminhonete modelo Toyota Hilux. Vinícius Alves foi preso poucas horas depois no Conjunto Morada Nova, na zona Sul da capital, enquanto Igor Araújo segue foragido.

Mais na Web