Piauí

Cânion do Rio Poti terá Centro de Turismo Ambiental

O parque deve ser o primeiro a passar pelo processo de estruturação das unidades de conservação elaborado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar).
14/12/2020 18h16 - atualizado

Uma comitiva formada por técnicos da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), Secretaria de Estado do Turismo (Setur), Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc), realizou nesse sábado (12) uma visita técnica ao Parque Estadual Cânion do Rio Poti, no município de Buriti dos Montes. O parque deve ser o primeiro a passar pelo processo de estruturação das unidades de conservação elaborado pela Semar.

Segundo a Secretaria de Estado do Meio Ambiente, durante a visita as equipes puderam debater alguns pontos do projeto que deve implantar uma série de estruturas voltadas ao ecoturismo e à educação ambiental. 

  • Foto: Divulgação/AscomParque Estadual, Cânion do Rio Poti, no município de Buriti dos Montes, Piauí.Parque Estadual, Cânion do Rio Poti, no município de Buriti dos Montes, Piauí.

A secretária de Estado do Meio Ambiente, Sádia Castro, explicou que o projeto está sendo pensado de maneira em que a comunidade seja integrada por meio de um amplo programa de educação – ambiental e técnica, em parceria com a Seduc.

De acordo com a técnica da Unidade de Educação Profissional da Seduc, Valeria Barros, a ideia inicial é que seja contruído um hotel escola no parque.

Já Romilla Freitas, turismóloga da Secretaria do Turismo, ressalta que para iniciar projeto é preciso fazer uma pesquisa de demanda turística e compreender o potencial do local, pensando no que pode ser agregado para melhor receber os turistas.

No domingo (13), a secretária do Meio Ambiente apresentou o local ao arquiteto Felipe Guerra, responsável pela consultoria do projeto. Ele afirma que, além do potencial natural, a área entorno é muito rica de materiais nativos como palha, carnaúba e pedras regionais, que darão ainda mais personalidade e originalidade à criação do Centro de Turismo Ambiental.

Segundo o arquiteto, o projeto será sustentável, pelo fato de se estar distante de um centro urbano denso, e destaca que a produção de alimentos e o cuidado com os resíduos será uma das principais questões a serem discutidas.

Mais na Web