Saúde

Carreata alerta sobre importância da prevenção ao câncer em Teresina

Carreata de ResPEITO foi realizada pela a Rede Feminina de Combate ao Câncer do Piauí (RFCC-PI)
  • EZEQUIEL ARAUJO
20/10/2021 08h31 - atualizado

Em alusão ao Outubro Rosa, a Rede Feminina de Combate ao Câncer do Piauí (RFCC-PI) realizou no último dia 15, a Carreata de ResPEITO buscando conscientizar toda a população sobre a importância do combate contra o câncer de mama.

A campanha tem por objetivo chamar a atenção de todos os públicos sobre a importância de se procurar um especialista em mastologia para tratar em tempo hábil possíveis mazelas que afetam as glândulas mamárias.

  • Foto: RFCC-PICarreata lembra sobre a relevância do combate ao câncer de mamaCarreata lembra sobre a relevância do combate ao câncer de mama

A presidente da RFCC-PI, Carmen Campelo, relata que existe uma enorme burocracia para que as mulheres cheguem até o primeiro exame de mamografia. "As mulheres, ainda hoje, estão tendo dificuldade de acesso ao diagnóstico. Infelizmente é uma realidade não só aqui no Piauí, mas em todo o Brasil. Mas aqui no Piauí, mesmo que exista a Lei dos 60 dias, ela não está sendo cumprida. Infelizmente, elas ficam em uma fila de espera, e isso é preocupante porque o interessante é que o câncer de mama seja diagnosticado precocemente", afirma.

O percurso da carreata aconteceu ao longo da Av. Raul Lopes, zona Leste de Teresina, com início em frente à nova unidade do Sesc da Av. Cajuína, seguindo até o balão da ponte da Primavera e retornando novamente ao ponto de saída.

Câncer de Mama no Brasil

Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) revelam que apenas em 2020, 13% dos casos de câncer de mama poderiam ter sido evitados pela redução de hábitos relacionados ao estilo de vida. Excesso de peso, alimentação inadequada, consumo de bebidas alcoólicas e falta de atividade física são alguns dos exemplos.

No Brasil, o câncer de mama é o que mais incide entre as mulheres. De acordo com dados do Inca, só em 2021 devem ser registrados 66 mil novos casos.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web