Polícia

Celas da delegacia de Luzilândia são interditadas a pedido do MP

Em inspeção, foi detectado uma precariedade das instalações na Delegacia de Polícia, especialmente as celas que se encontram em estado de insalubridade.
  • DA REDAÇÃO
14/12/2019 12h00 - atualizado

O Ministério Público do Piauí (MP-PI) expediu uma recomendação para interditar celas da delegacia de Luzilândia, nessa semana.

De acordo com a Promotoria de Justiça de Luzilândia, durante a visita de inspeção semestral realizada em maio deste ano foi detectado uma precariedade das instalações na Delegacia de Polícia, especialmente as celas, que se encontravam em estado de completa insalubridade.

  • Foto: Divulgação/MP-PICelas em situação precária.Celas em situação precária.

Inicialmente foi feita uma reunião com representantes da Delegacia Geral e da Secretaria de Segurança para buscar soluções, mas a situação do local mudou pouco e as celas continuaram completamente insalubres.

"Constatou-se a ausência de planejamento anual por parte da Secretaria de Segurança do Estado do Piauí (SPP-PI) sobre a contratação de obras para construções e reformas das unidades policiais da polícia civil no Piauí, bem como para aquisição de recursos materiais, o que prejudica a otimização”, explica a coordenadora do Grupo Especial de Atuação para o Controle Externo da Atividade Policial, Fabrícia Barbosa.

Por este motivo, o MP-PI recomendou ao Secretário de Segurança Pública do Estado do Piauí que realizasse adequado planejamento anual das contratações de obras para construções e reformas das unidades da polícia civil no estado, devendo apresentar soluções de curto, médio e longo prazo em 30 dias.  Além disso, deverá fornecer laudo técnico de engenharia apontando as mudanças estruturais necessárias para a manutenção e readequação do prédio onde está situada a Delegacia de Polícia de Luzilândia, incluindo a segurança e salubridade das celas.

Mais na Web