Política

“Ciro Nogueira é pré-candidato ao governo estadual”, diz Mainha

“O foco é o presidente Ciro Nogueira dar a entender que é pré-candidato a governador do Piauí”, disse Mainha sobre reunião do Progressistas.
05/05/2019 08h00 - atualizado

Na última quinta-feira, 2 de maio, Wellington Dias (PT) anunciou os nomes que farão parte da sua equipe de secretários em seu quarto mandato como governador do Piauí.

Antes do anúncio oficial, circularam rumores na imprensa sobre as possíveis indicações de cada partido da base aliada aos órgãos, conforme as reuniões que o gestor teve com aliados e líderes políticos nas semanas anteriores.

Em uma lista extraoficial divulgada, era esperado que Wellington anunciasse o nome do ex-deputado federal Maia Filho, o Mainha (Progressistas), para a Secretaria Estadual do Meio Ambiente, cargo que acabou ficando sob gestão de Sádia Casto, irmã da deputada Margarete Coelho (Progressistas).

  • Foto: ViagoraDeputado Federal Maia Filho (PP-PI)O ex-deputado federal Maia Filho, o Mainha, estava cotado para a Secretaria do Meio Ambiente.

Apesar de a pasta ter ficado com uma indicação de um político da legenda, o fato parece ter gerado um mal estar entre o governo estadual e o Progressistas. O senador Ciro Nogueira, presidente nacional da sigla, convocou uma reunião de emergência para tratar sobre as articulações do partido no Piauí.

Em entrevista à TV Cidade Verde, Mainha comentou que ainda não conversou com Wellington Dias sobre o assunto. “Não quero fazer nenhum juízo de valor, mas tenho certeza que não foi um veto. Ele deve ter alguma explicação sobre isso”, disse.

Questionado sobre um eventual ruído de comunicação do partido, o ex-deputado relatou que entende a indicação como uma falta do sentimento unitário de alguns políticos da legenda.

“Nós defendemos o nome de Margarete para continuar como vice-governadora. Como o nome dela não foi confirmado ao cargo e isso aconteceu próximo à eleição, alguns presumiram que ela teria uma campanha difícil e que ela poderia ficar como suplente. Mas toda a movimentação a fez ser eleita. Eu, que achava que estava em uma posição melhor, acabei como suplente. Para bom entendedor, meia palavra basta. O partido tem que ser solidário”, comentou.

Mainha ainda comentou sobre os objetivos da reunião convocada por Ciro, que acontecerá na próxima segunda-feira (06), onde citou que o senador pode ser candidato a governador do Piauí nas eleições de 2022.

  • Foto: Agência SenadoSenador Ciro Nogueira.Segundo Mainha, o senador Ciro Nogueira pode ser candidato ao governo do estado.

“Nós temos um foco e não escondemos. O foco é o presidente Ciro Nogueira dar a entender que é pré-candidato a governador do Piauí. Ele já vem afirmando que o partido vai ter um candidato próprio há algum tempo. Os nomes que se colocam são do senador Ciro ou da deputada Iracema. Nós não estamos sendo desleais, porque a decisão de ter uma candidatura não é um trabalho às escondidas, isso já se iniciou há alguns anos. Após a reunião, nós vamos saber se essa situação não vai atrapalhar a relação com o governador, até porque nós confiamos e queremos essa parceria”, explicou Mainha.

Mais na Web