Coronavírus no Piauí

COE decide manter hospitais de campanha de Teresina funcionando

O prefeito explicou que a doença continua estável na capital, e por precaução, é necessário que se mantenha as unidades em funcionamento.
  • VIVIANE ROCHA
02/12/2020 16h21 - atualizado

Foi determinado que os hospitais de campanha Padre Pedro Balzi, na Universidade Federal do Piauí, e João Claudino Fernandes, ao lado do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), devem continuar funcionando para atender pacientes com Covid-19, em Teresina.

A decisão foi tomada durante uma reunião nesta quarta-feira (02), entre o prefeito Firmino Filho e membros do Centro de Operações em Emergências (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

O prefeito explicou que a doença continua estável na capital, e por precaução, é necessário que se mantenha os hospitais em funcionamento.

Dados apresentados pelo COE durante a reunião, mostram que, nos últimos seis meses, o número de pacientes infectados com o novo coronavírus, que chegam ao sistema de saúde, sofreu uma queda significativa. E nos últimos três meses, o número de casos e internações se estabilizou.

O infectologista, membro do COE, Walfrido Salmito, afirma que é necessário que as autoridades em saúde se mantenham em estado de alerta, pois ainda se vive um momento de incertezas.

A diretora de Assistência Hospitalar da FMS, Jesus Mousinho, lembra que o número de leitos disponíveis nos hospitais caíram desde que foram abertos, devido à demanda que diminuiu.

Mais na Web