Coronavírus no Piauí

COE pede que espaços infantis fiquem fechados no Dia das Crianças em Teresina

Em nota divulgada nessa sexta-feira (9), O Coe orienta que as famílias priorizem comemoração em casa.
10/10/2020 09h11 - atualizado

O Centro de Operações em Emergência (COE), da Fundação Municipal de Saúde (FMS), recomenda que no Dia das Crianças, os locais de realização de eventos alusivos à data de comemoração permaneçam fechados.

Em nota divulgada nessa sexta-feira (9), O Coe orienta ainda que as famílias priorizem comemoração em casa. Também foi alertado que, apesar da situação da Covid-19 em Teresina estar sob controle, o mundo assiste em alguns países um novo aumento no número de casos confirmados e a suspeita da possibilidade de reinfecções.

“Temos ainda registros de casos de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica, que pode ocorrer em crianças após a infecção por Covid-19, o que significa que, mesmo com os baixos números de casos em crianças, elas estão suscetíveis às complicações trazidas pelo novo coronavírus”, comenta a infectologista Amparo Salmito, gerente de epidemiologia da FMS e membro do COE.

A infectologista ainda alerta para o fato das crianças serem um vetor de transmissão da doença. “As crianças também podem ser vetor de transmissão para pessoas de grupos de risco, por isso, é necessário manter vigilância sobre a doença”, diz.

Ela ressalta que, por este motivo, o atual cenário ainda não permite que sejam realizados encontros que envolvam aglomeração de crianças, o que seria inevitável caso haja funcionamento dos espaços de diversão infantis como playgrounds, brinquedotecas e estabelecimentos recreativos.

O COE ressalta ainda que a população continue mantendo as medidas de distanciamento social, quarentena, higiene pessoal e do ambiente, uso de máscara e os demais cuidados relacionados à prevenção da infecção pelo novo coronavírus.

“A Covid-19 não é uma gripe comum. É uma doença que se caracteriza pela extrema rapidez com que ela se espalha, e ainda não sabemos porque esse vírus detém esse poder de contaminar muito rapidamente as pessoas. Por isso, estamos solicitando à população que as festas sejam feitas em casa. Nada de ir pra rua, brincadeiras ou aglomerações”, alerta Amparo Salmito.

Mais na Web