Piauí

Colégio CEV exige uso de tablet e especifica fabricante e modelo

Em lojas de venda na internet, o preço desse produto com essa especificação varia de R$ 659,00 a R$ 850,00, a depender da empresa e da forma de pagamento.
  • VITOR FERNANDES
06/01/2018 17h54 - atualizado

Uma imagem contendo uma lista de material didático do Colégio CEV, de Teresina, foi divulgado na internet, onde consta um tablet Samsung Galaxy TAB T560 como material obrigatório. O autor da publicação disse que considera um “absurdo” esse tipo de exigência aos alunos.

  • Foto: Reprodução/FacebookImagem publicada na internet comenta sobre exigências de material didático do Colégio CEV.Imagem publicada na internet comenta sobre exigências de material didático do Colégio CEV.

Em lojas de venda na internet, o preço desse produto com essa especificação varia de R$ 659,00 a R$ 850,00, a depender da empresa e da forma de pagamento.

  • Foto: Divulgação/CEVColégio CEV Teresina.Uma das unidades do Colégio CEV de Teresina.

O assessor de comunicação e coordenador de marketing do Grupo Educacional CEV, Clovis Costa, confirmou ao Viagorana tarde deste sábado (06) que “o tablet faz parte do material escolar para as turmas de 6º, 7º e 8ª ano do ensino fundamental” da escola.

Clovis Costa justifica que “isso faz parte da metodologia de avaliação onde os alunos respondem alguns quizzes, algumas questões sempre ao final das aulas”. Quanto a especificação da fabricante e o modelo do produto, ele diz que isso faz parte de um “padrão” e que são “requisitos mínimos para poder rodar os softwares e os aplicativos” utilizados pelo colégio.

Mais na Web