Coronavírus no Piauí

Começa valer multa de R$ 195 em barreiras entre Teresina e Timon

Segundo decreto assinado pelo prefeito Firmino Filho, passageiros oriundos de Timon que ultrapassem as barreiras montadas nas pontes em Teresina sem documentação podem pagar multa.
19/05/2020 10h00 - atualizado

Nesta terça-feira, 19 de maio, começa a valer o novo decreto publicado pelo prefeito Firmino Filho (PSDB), que estabelece regras mais rígidas para pessoas que pretendem entrar em Teresina por uma das pontes que ligam a capital piauiense ao município de Timon, no Maranhão.

Segundoo texto do decreto, todas as pessoas que vierem de Timon para Teresina devem apresentar documentos de identificação pessoal, documento de habilitação do condutor, comprovante de endereço, documentos referentes ao veículo, como Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo, além de documentos que comprovem a necessidade de trafegar entre as duas cidades.

Caso os veículos descumpram o decreto, é prevista multa de R$ 195,23 por cada passageiro transportado. Está autorizada a apreensão de qualquer veículo ou meio de transporte, inclusive fluvial, que esteja transportando passageiros em desconformidade com as novas regras.

Em entrevista à TV Cidade Verde, o coronel John Feitosa, comandante da Guarda Civil Municipal, explicou como estão sendo feitas as fiscalizações nas barreiras instaladas.

“Os profissionais que têm que se deslocar diariamente para Teresina têm que ter o documento de comprovação do exercício dessa atividade. As empresas que porventura forem transportar material em situações incluindo aquelas permitidas pelo decreto anterior, têm que ter a nota fiscal desse material, tem que ter o documento de destinação desse material, ou seja, nós iremos checar todas essas informações e manteremos um controle muito mais rigoroso para entrada em Teresina”, disse.

  • Foto: Alef Leão/GP1Ponte Metálica é interditada como medida de contenção da Covid-19A fiscalização acontece em todas as pontes que ligam Teresina a Timon.

O comandante da Guarda Municipal comentou ainda que as pessoas devem se atentar para o cadastro oferecido através do site da Prefeitura, para que possam passar pela barreira.

“Certamente que terá mais rigor para as pessoas que vem da cidade de TImon possam ter acesso à nossa cidade. Nós orientamos às pessoas que busquem o site que foi criado onde estão sendo feitos os cadastros, para que possam se cadastrar e receber o QR Code para que possam passar na barreira”, afirmou.

John Feitosa informou ainda que equipes da Fundação Municipal de Saúde (FMS) estão no local aferindo a temperatura e questionando as pessoas que transitam pelas duas cidades sobre sintomas gripais.

“O pessoal da saúde está no local, fazendo essa aferição de temperatura. Os pacientes que virão a Teresina, já deverão vir devidamente regulados. Orientamos que aqueles pacientes que estejam no Maranhão e porventura precisem fazer algum tipo de tratamento em Teresina, só se desloquem se já estiverem com essa regulamentação devidamente autorizada. Qualquer outro caso emergencial que porventura surja na barreira, essa mesma equipe de saúde, pelo próprio decreto, está autorizada a analisar a situação daquele caso e adotar as medidas que forem necessárias”, finalizou.

Mais na Web