Piauí

Condutores já podem pagar multas no cartão de crédito no Piauí

Além de utilizar o cartão de crédito, os condutores da cidade poderão parcelar suas multas em até 12 vezes. O programa de parcelamento inicia nesta terça-feira (08).
08/01/2019 09h30 - atualizado

Motoristas de Teresina agora poderão pagar suas multas de trânsito em até 12 parcelas no cartão de crédito. O programa de parcelamento começa nesta terça-feira (08) e os condutores podem se dirigir até a sede do Detran-PI para atendimento.

Conforme divulgado pelo programa, o pagamento no cartão será disponibilizado inicialmente para as bandeiras Master e Visa e ser realizado com um ou mais cartões de crédito que possuam limite suficiente para pagar seus débitos. Caso o cidadão não tenha limite ou cartão, ele pode recorrer a familiares ou amigos que compareçam a unidade de atendimento Vamos Parcelar.

Segundo relatório de levantamento feito pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), excesso de velocidade liderou o ranking de autuações em Teresina no primeiro semestre de 2017, com 52% das ocorrências. O estacionamento em local e/ou horário proibido apareceu em segundo lugar no ranking, com 13% das autuações e a falta do cinto de segurança veio em terceiro, com o índice de 7%.

É importante lembrar que quem for flagrado dirigindo sem o documento regularizado poderá ser autuado pelos órgãos de fiscalização de trânsito. A infração é considerada de natureza gravíssima. Neste caso, a punição inclui multa de R$ 293,47, sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), remoção do veículo, além do pagamento de outras despesas como guincho, diária, vistoria e serviço de liberação do automóvel, conforme o Código de Trânsito Brasileiro.

“O Detran encontrou uma maneira segura e inovadora para que os cidadãos possam regularizar os débitos de seus veículos sem precisar dispor de recursos financeiros de imediato. O condutor pode dirigir com mais tranquilidade, mas também precisa ter cautela ao transitar pela cidade. Além dos pontos na habilitação e o valor da multa, exceder o limite das vias pode causar acidentes”, alerta a gerente comercial da Vamos Parcelar, Mirian Queiroz.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web