Polícia

Conselho expulsa PMs absolvidos de sumiço de dinheiro de assalto

Wanderley Rodrigues da Silva e o soldado Erasmo de Morais Furtado foram expulsos pelo Conselho de Disciplina da Polícia Militar do Piauí.
  • DA REDAÇÃO
16/10/2019 17h20 - atualizado

O Conselho de Disciplina da Polícia Militar decidiu expulsar os militares cabo Wanderley Rodrigues da Silva e o soldado Erasmo de Morais Furtado, suspeitos de envolvimento no sumiço de aproximadamente de R$ 304 mil, após um assalto na agência do Banco do Nordeste na avenida João XXIII, no dia 19 de dezembro do ano de 2017. 

De acordo com o conselho, a decisão é independente do processo criminal que absolveu os policiais por ausência de provas.

Segundo a decisão, o conselho julgou procedente as acusações imputadas e entendeu que eles desobedeceram ao Estatuto da Polícia Militar e do Regulamento Disciplina da Polícia Militar do Piauí.

O Conselho determinou também que os policiais lotados no 8º Batalhão e 17º BPM entregassem os uniformes e insígnias, as identidades militares e o porte de arma de fogo.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web