Piauí

Consórcio Grãos do Piauí assume gestão das rodovias Transcerrados

O contrato de parceria público-privada, transfere ao Consórcio Grãos do Piauí a responsabilidade pela prestação dos serviços de conservação, recuperação, construção e manutenção.
28/05/2021 17h39 - atualizado

Nesta sexta-feira (28), o Governo do Piauí informou que o Consócio Grãos do Piauí venceu o leilão, na B3, para a concessão das rodovias Transcerrados e Estrada Palestina.

O leilão foi realizado pelo Governo do Piauí por meio da Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc). A vencedora, representada pela corretora Nécton Investimentos, ofertou proposta de R$ 2.309.825,00, o que representou deságio de 1,5% em relação ao valor estabelecido pelo governo.

“A rodovia Transcerrado tem a ver com o desenvolvimento do Piauí, com o desenvolvimento do Nordeste e do Brasil. Vamos honrar o nosso compromisso para que seja um bom negócio para os que aqui hoje celebram este contrato. Com certeza contarão com um estado organizado, uma das regiões que mais cresce no Brasil, um estado que segue investindo e cuidando de suas rodovias”, comentou Wellington Dias, Governador do Piauí.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíConsórcio Grãos do Piauí assume gestão das rodovias TranscerradosConsórcio Grãos do Piauí assume gestão das rodovias Transcerrados

Segundo o Estado, o contrato de parceria público-privada, na modalidade Concessão Patrocinada, transfere ao Consórcio Grãos do Piauí a responsabilidade pela prestação dos serviços de conservação, recuperação, construção, manutenção, implantação de melhorias e operação rodoviária em dois trechos da rodovia Transcerrados e em um trecho da Estrada Palestina. Juntos, os trechos somam 276,8 km de extensão e abrangem 25 municípios, incluindo grandes produtores de soja no Piauí. A concessão terá prazo de 30 anos.

“Passamos dois anos estudando este projeto e, com ele, estávamos desenhando o futuro de muita gente, são mais de 200 mil vidas impactadas. Há décadas as gerações sonham com essa rodovia e as novas gerações também serão beneficiadas por ela. Um novo ciclo se abre. O Piauí tem pressa e vamos fazer este projeto dar certo”, disse a Superintendente de Parcerias e Concessões do Estado do Piauí, Viviane Moura.

Conforme o Governo do Piauí, a B3 S.A. (B3SA3) é uma das principais empresas de infraestrutura de mercado financeiro do mundo e uma das maiores em valor de mercado, entre as líderes globais do setor de bolsas. Conecta, desenvolve e viabiliza o mercado financeiro e de capitais e, junto com os clientes e a sociedade, potencializa o crescimento do Brasil.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web