Polícia

Corso 2018 vai contar com 1200 policiais atuando na segurança

O esquema de segurança no evento vai contar com Polícia Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Civil Municipal e outros profissionais.
ISABELA DE MENESES
11/01/2018 10h24 - atualizado

Na última quarta-feira (10), a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Piauí realizou uma visita técnica ao local onde o Corso de Teresina vai ser realizado. O objetivo da vistoria foi conferir os detalhes de instalação do Centro Integrado de Segurança. No total 1200 policiais foram selecionados para atuar no Corso.

O esquema de segurança no evento vai contar com Polícia Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Civil Municipal e outros profissionais. O Centro Integrado deve ser montado no evento com um setor de achados e perdidos, assistência social, além de 4 ambulâncias do SAMU, Polícia Rodoviária Federal, helicóptero, cavalaria, 30 motocicletas.

  • Foto: AscomVisita ao local do Corso 2018Visita ao local do Corso 2018

O percurso da festa vai ser assessorado por 20 elevados da PM com 25 policiais em cada. Além disso, também vai contar com auxílio de tecnologia digital, no total 12 câmeras de monitoramento vão ser instaladas. O percurso da festa vai ser assessorado por 20 elevados da PM com 25 policiais em cada. 

Mais na Web