Geral

Covid-19: Festas de Carnaval estão proibidas na cidade de Timon

De acordo com o decreto municipal, qualquer evento festivo que aglomere pessoas e facilite a disseminação do coronavírus, está proibido.
12/02/2021 14h18 - atualizado

A Prefeitura de Timon proibiu as festas carnavalescas deste ano, para evitar aglomerações e conter o avanço da Covid-19 no município.

Segundo a prefeitura, a partir desta sexta-feira (12), as fiscalizações serão intensificadas para exigir o cumprimento do decreto municipal que proíbe matinês, bailes ou qualquer outro evento festivo que aglomere pessoas e facilite a disseminação do vírus. Música ao vivo em bares e restaurantes também estão proibidas.

O secretário municipal de Governo, João Batista, fez um apelo para que a população timonense cumpra as medidas e entenda que o objetivo das proibições é salvar vidas. Até essa quinta-feira (11), a cidade registrou 12.831 casos confirmados da doença e, 206 pessoas não resistiram às complicações do coronavírus e morreram.

“A prefeitura pede que a população nos ajude com as medidas de distanciamento social, que usem máscara e evitem aglomeração. A gente precisa do apoio da população em geral para que possamos conter o avanço da pandemia. Se a população não nos ajudar os casos irão aumentar e o poder público pode ser obrigado até a tomar medidas de fechamento de alguns estabelecimentos e atrapalhar a economia, que já está debilitada”, alerta o secretário.

As fiscalizações serão feitas pela Força-Tarefa criada pela Prefeitura de Timon, através da Guarda Civil Municipal, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Vigilância Sanitária, Conselho Tutelar, Departamento Municipal de Trânsito (DMTRANS), e pelas Polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros e Ministério Público Estadual.

O decreto que impede festas carnavalescas e aglomerações está em vigor até o dia 21 de fevereiro.

Mais na Web