Coronavírus no Piauí

Covid-19: Prefeito de São João do Piauí suspende aulas presenciais

Segundo a prefeitura, o objetivo é diminuir os casos da doença no município que atualmente, tem 1.986 confirmados e 29 óbitos registrados.
26/05/2021 17h00 - atualizado

Nessa terça-feira (25), o prefeito de São João do Piauí, Ednei Amorim (MDB), decidiu não seguir o decreto estadual e restringiu o funcionamento das atividades comerciais do município.

O novo decreto de São João do Piauí nº 34/2021 foi publicado no Diário Oficial dos Municípios de 25 de maio. A medida suspendeu as aulas presenciais na cidade e restringiu a venda de bebida alcoólica.

De acordo com a Prefeitura de São João do Piauí, o objetivo é diminuir os casos da Covid-19 no município que atualmente, tem 1.986 casos confirmados e 29 óbitos registrados.

O decreto publicado pelo governador Wellington Dias (PT), autoriza até o dia 30 de maio o funcionamento de bares e restaurantes até as 23h, o comércio até as 17h, aulas presenciais e o toque de recolher é das 00h às 5h, entre outras medidas.

O prefeito Ednei Amorim decidiu restringir ainda mais o funcionamento das atividades após o aumento de casos da doença. O decreto vale até o dia 31 de maio.

A Prefeitura de São João do Piauí divulgou nas redes sociais, algumas medidas conforme o novo decreto publicado pelo prefeito Ednei Amorim. Entre as medidas, as lojas não essenciais funcionam de segunda a sexta-feira até as 17h e ficam fechadas no final de semana; bares, restaurantes, lanchonetes e similares funcionam de segunda sexta-feira até as 20h, e no sábado e domingo apenas como delivery e é proibida a venda de bebidas alcoólicas.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web