Piauí

Covid-19: Sesapi assegura segunda dose da vacina no Piauí

De acordo com o superintendente, o Piauí está seguindo todas as orientações técnicas do Ministério da Saúde para não haver o risco de interrupção da campanha.
  • LAÍS VITÓRIA
17/02/2021 18h25

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), através do Superintendente de Atenção Primária a Saúde e Municípios da Sesapi, Herlon Guimarães, confirmou que o Estado do Piauí não corre o risco de interromper a segunda fase da vacinação contra a Covid-19 por falta de doses.

De acordo com o superintendente, o Piauí está seguindo todas as orientações técnicas do Ministério da Saúde para não haver o risco de interrupção da campanha.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraIdosos são vacinados contra a Covid-19.Idosos são vacinados contra a Covid-19.

“O Estado do Piauí teve a cautela de guardar as doses da segunda fase para não correr o risco de não imunizar a população. Só estamos fazendo a distribuição para os municípios na época exata da aplicação da segunda dose e seguimos sem risco de interrupção da campanha”, diz Herlon.

O superintendente explica que a pessoa que toma a vacina só está completamente imunizada dez dias após a segunda dose, que é quando o organismo produz anticorpos que combatem o Coronavírus. A orientação é aplicar a segunda dose com 28 dias depois da primeira.

“O Brasil tem a capacidade de distribuição das doses e experiência em campanhas de vacinação, mas é preciso que tenhamos mais doses disponíveis para avançar em número de pessoas imunizadas”, explica Herlon.

Mais na Web