Coronavírus no Piauí

Covid: idoso com 75% do pulmão comprometido recebe alta em Picos

A diretora-geral do Hospital Justino Luz, Samara Sá, acredita que em meio a tanta dor e incerteza, essas altas são “Injeções de ânimo e muita esperança”.
12/05/2021 10h18 - atualizado

Após passar 21 dias internado na UTI Covid do Hospital Justino Luz, em Picos, com 75% de comprometimento do seu pulmão, José Dias, de 74 anos, segue para uma outra ala do Hospital para tratar sequelas deixadas pela doença.

O paciente deu entrada na UTI no dia 18 de abril, em estado grave, apresentando insuficiência respiratória aguda. Na saída da UTI, o idoso posou para fotos e falou sobre gratidão: “Obrigado por tudo, aqui só tem anjo, fiquem com Deus”, disse emocionado.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíIdoso com 75% de comprometimento do pulmão recebe altaIdoso com 75% de comprometimento do pulmão recebe alta

Entre várias histórias de superação, está Lindomar Costa, de 67 anos, natural da cidade de Jaicós, que passou seis dias na UTI e conseguiu reestabelecer 80% da sua saúde. Ele segue internado na enfermaria Covid a fim de concluir o tratamento.

A diretora-geral do Hospital Justino Luz, Samara Sá, que também atua na linha de frente de enfrentamento ao coronavírus, acredita que em meio a tanta dor e incerteza, essas altas são “Injeções de ânimo e muita esperança”.

De acordo com a gestora, a unidade segue aplicando os protocolos de combate à doença: “Não podemos deixar de citar que também há doação e atenção por toda a equipe a cada paciente que recebemos. São pacientes graves, que passam vários dias com as equipes e acabam criando vínculos”, disse.

Para Samara Sá, dentre tantas, a alta médica de José Dias é um exemplo de perseverança e confiança na equipe: “Ele cativou toda a equipe com seu jeito carinhoso de ser e com sua fé inabalável. Todos os dias, às 18h ele fazia o Sinal da Cruz e rezava o Pai Nosso. Foi uma das altas que ficará marcada em nossos corações”, finalizou.

Mais na Web